Twitter Revista Staff   Facebook Revista Staff   Youtube Revista Staff
 

Turismo

   

Escrito por Lucas Ferreira

Mala ou Mochila

Destino escolhido, passaporte em mãos, todos os detalhes criteriosamente vistos e o último passo, porém não menos importante, antes de subir no avião: FAZER AS MALAS!

Poucos ( e felizes) são aqueles que conseguem fazer as malas sem titubear e sair de casa sem a popular sensação de estar esquecendo algo. Eu, apesar dos inúmeros embarques e desembarques ainda não sou fã de preparar as malas, MAS, claro que com a prática algumas dicas e ideias chegam pra facilitar o momento de passar o zíper antes de sair arrastando elas por ai. Curioso pra saber como evitar apuros nas horas pré-partida? Veja as dicas que preparamos para você. Afinal, viajar também é uma ciência!

A maior dica que recebi foi quando me preparava para meu intercâmbio de 1 ano no Canadá. Lotei duas malas naquele momento em que a família se reúne para sentar, amassar e, enfim, fechar cada uma delas. Nessa mesma hora, resolvi seguir o conselho de um amigo que já havia feito intercambio: “faça a mala do jeito que quiser, e assim que terminar tire metade de tudo o que colocou. Pronto! Sua mala estará pronta para qualquer aventura”

Nada deve ser levado ao pé da letra, mas pense aqui comigo, você com certeza já fez uma (se não varias) viagens em que levou muito além do que acabou precisando. Ou será que você já se desesperou para voltar com os souvenires e compras do destino visitado que não queriam deixar sua mala fechar?

Quando uma situação dessas acontece, a primeira solução, provada 100% eficaz, é enrolar tudo! Isso aí, enrole suas roupas de baixo, camisetas, jeans e até casacos, isso pode reduzir o volume em até um terço, deixando mais espaço para as novas aquisições!

Outro conselho importante é pensar bem para onde está indo. Comece olhando a previsão do tempo, pois quem nunca pegou chuva na praia ou se surpreendeu ao passar calor no inverno? Além da temperatura, observar o tempo da viagem é fundamental, afinal pra que levar uma mala grande de rodinhas se serão apenas uma ou duas noites no destino? Por que não uma mochila ou uma hand bag como os populares modelos da Nike, Adidas ou Tomy?

   

Fazendo uma enquete com alguns amigos, também amantes de viagens, cheguei à conclusão de que um check list do que levar ajuda – e muito- a não se perder na euforia de fazer a mala. Mas, o que não pode faltar na mala?

No quesito “Essenciais” todos destacaram: RG ou passaporte, passagem aérea, cartão de seguro e copias de documentos, cartões de credito e não se esquecer da CNH (nunca se sabe quando se irá assumir o volante) e claro, um kit com os remédios fundamentais quando se está longe de casa, principalmente se estiver indo à um país onde a língua e a necessidade de prescrição médica podem tornar até uma aspirina um mero sonho de consumo.

Como muitos hotéis hoje contam com xampu, sabonete e até creme, muitos já nem carregam mais líquidos, o que é muito bom caso não esteja pensando em despachar a mala. Agora, escova de dente, filtro solar e colírio foram amplamente citados. Para aqueles que fazem viagens mais longas, uma muda de roupas na bagagem de mão é fundamental. Conheço pessoas que tiveram suas malas extraviadas e puderam contar apenas com alguns eletrônicos ou livros que tinham na bagagem de mão enquanto esperavam dias por suas malas.

Os óculos escuros não podem faltar seja o destino um resort de esqui ou uma praia deserta. Muitos já abrem mão de câmeras fotográficas, afinal iphones e androids já fazem fotos muito boas e até filmam em HD. E o computador? O clássico notebook deve ficar em casa numa viagem a lazer, afinal um smartphone ou em casos extremos um ipad é mais que suficiente para acessar as redes sociais e mandar notícias à Terra natal.

Um bom livro, tocador de mp3 e até ferro de viagem podem ser uteis, mas cuidado com os excessos, pra que levar livros se o tempo será corrido? Ou pra que um ferro de passar se você embarca em um cruzeiro ou um final de semana na fazenda?

Independente do que decidir levar, lembre-se que não existe bagagem mais valiosa do que a que trazemos conosco ao final de cada viagem feita. Os cenários, momentos raros e pessoas únicas sempre cabem no cantinho de qualquer mala, mochila ou nécessaire. Agora mãos à obra e BOA VIAGEM!

   


Notícias relacionadas:

Comissário de voo.

A carreira de comissário de voo desperta o interesse de quem sonha em conhecer o mundo...

Arrumando as malas.

Arrumar a mala para viajar é sempre um dilema, principalmente para as mulheres. Pensando nisso, convidamos a economista e blogueira Camila Camillo...

Patagônia de natureza exuberante.

Fernão de Magalhães foi o grande descobridor da Patagônia e da Terra do Fogo em 1520. Ainda hoje a maioria dos lugares e povos mantém os nomes...

Manaus uma boa opção turística.

Manaus é um município brasileiro, capital do estado do Amazonas e o principal centro financeiro, corporativo e econômico da Região Norte do Brasil...

Jardins que Falam

Depois de uma longa espera consegui, finalmente, plantar meu jardim. Tive de esperar muito tempo porque jardins precisam de terra para existir. Mas a terra eu não tinha. De meu, eu só tinha o sonho...

Londres

Londres (em inglês: London) é a capital da Inglaterra e do Reino Unido. Importante há quase dois milênios, a cidade é um dos maiores centros financeiros do planeta, e sua participação na política, na cultura, no entretenimento ...


> Ver todas



Voltar
Twitter Revista Staff

Acontece   |   Beleza e Estética   |   Comportamento   |   Gastronomia   |   Nutrição   |   Moda   |   Política Saúde   |   Esporte   |   Turismo


Home   |   Apresentação   |   Editoriais   |   Comercial   |   Parceiros   |   Vídeos   |   Cobertura Vip   |   Contato


Copyright © 2017. Revista Staff. Todos os direitos reservados. Contato: (19) 3236-6661