Twitter Revista Staff   Facebook Revista Staff   Youtube Revista Staff
 

Saúde

   

Escrito por Revista Staff

Dores que não podem ser menosprezadas.

As dores são um alerta do organismo sinalizando que algo não vai bem com ele. Muitas vezes preferimos pensar que vão passar, ao invés de procurar a ajuda de um médico. É aí que podemos ter surpresas muito desagradáveis.

É muita sorte a de quem nunca precisou se automedicar por causa de uma dor. É bastante comum achar que ela é um mal passageiro e entupir-se de analgésico, esperando até que ela se torne insuportável para só aí buscar socorro médico.

Estudos indicam que 64% dos brasileiros tentam se livrar da sensação dolorosa por conta própria. A dor é um mecanismo de proteção que avisa quando algo nocivo está acontecendo. Na dúvida, toda dor merece ser investigada para encontrar suas causas, ainda mais aquela que você nunca sentiu igual.

Algumas dores que você nunca deve ignorar:

Dor de cabeça

Até os 50 anos, ela geralmente é causada por alterações na visão ou nos hormônios (mais comum entre as mulheres). Esses são justamente os casos em que a automedicação aumenta o tormento, porque, quando mal usado, o analgésico transforma aquela dorzinha esporádica em diária. Acima dos 50 anos, as dores de cabeça merecem ainda mais atenção, pois podem estar relacionadas à hipertensão. Tumores no cérebro causam muita dor de cabeça, por isso, entre a bateria de exames necessária ao diagnóstico, há a tomografia computadorizada.

Dor de garganta

Comumente é causada pela amigdalite de origem bacteriana ou viral e, não sendo tratada, a amigdalite pode exigir até cirurgia. A do tipo viral baixa a imunidade e, em 10% dos casos, vira bacteriana. Não banalize essa dor., se ela parece nunca ir embora, fique alerta, pois certos tumores no pescoço também incomodam e podem ser confundidos, pelos leigos, como simples infecções. As faringites e laringites também têm sensação dolorosa, mas não compre anti-inflamatórios sem prescrição médica. Pode haver sérias reações adversas na automedicação.

Dor no peito

Quando o coração está com problemas, a dor é capaz de espalhar-se na direção do estômago, do maxilar inferior, das costas e dos braços. Em geral, isso acontece quando o músculo cardíaco recebe menos sangue devido a um entupimento das artérias. A sensação no peito é como a de um dedo apertado por um elástico e piora com o estresse e o esforço físico. Em casos assim, não se deve esperar que a dor “passe”: deve-se procurar socorro médico imediato. O rápido diagnóstico pode salvar a vida.

Dor nas pernas

Muita gente costuma culpar as varizes, às vezes injustamente. A causa pode ser outra. Uma artrose, por exemplo, provoca fortes dores nos pés e nos joelhos. Não sendo tratada, piora até um ponto quase sem retorno. Pisar de forma incorreta, ou seja, quando há um erro na posição dos pés ao andar, bem como calçados inadequados, gera dores nas pernas. Doenças como hipotireoidismo e diabete afetam a circulação nos membros inferiores e há medicamentos específicos para resolver a dor nesses casos.

Dor abdominal

Uma dica importante é saber onde começa essa dor, Uma inflamação da vesícula biliar, por exemplo, começa do lado direito da barriga e tende a irradiar-se para as costas e os ombros. Esse trajeto da dor deve ser contado ao médico, pois faz muita diferença. Sem socorro podem surgir perfurações nessa bolsa que guarda a bile, fabricada no fígado. Problemas nos intestinos, como diverticulites, causam dor do lado esquerdo e abaixo do abdômen. Já na apendicite, a dor é do lado direito e abaixo. Neste caso, a correção é cirúrgica. Especificamente em relação às mulheres, é comum elas terem cólicas constantes, insuportáveis, no período menstrual, e isso levanta a suspeita de uma endometriose, quando o revestimento interno do útero cresce e invade outros órgãos. Devem ser investigadas todas as dores abdominais logo que surjam.

Dor nas costas

A coluna vertebral, principalmente a região lombar, pode ser machucada pela má postura e pelo esforço físico. Constitui-se numa dor diária e contínua, pelo desgaste físico e pelo sedentarismo. Conviver com o tormento é a pior escolha. A dor nas costas, além de minar a qualidade de vida, pode esconder o câncer de pâncreas. Toda dor nas costas que não suma em dois dias é motivo para consulta médica. Excesso de peso também força a coluna e pode causar desgaste vertebral. Seios muito grandes e pesados podem formar os chamados “bicos de papagaio”.

Dor no corpo

Se o corpo vive todo dolorido, preocupe-se com suas emoções. A depressão, por exemplo, frequentemente desencadeia um mal estar que vai da cabeça aos pés. Muitas vezes o corpo dolorido, é resultado de dor psicológica. Quem tem dores constantes sem causa aparente e que vive triste, pessimista, sem ver prazer nas coisas nem conseguir se concentrar direito, pode apostar em problemas de ordem emocional. Gripes também causam dores pelo corpo todo e, quando associadas à febre, não hesite em procurar um hospital ou pronto atendimento. Tanto a dengue, em que os sintomas confundem-se com gripe, como o vírus H1N1 podem levar a óbito..

Existem dores da alma e elas podem refletir no físico. Essas dores também precisam de alívio. Em muitos casos, a ajuda de um psiquiatra somada à escolha de um bom psicoterapeuta ou psicanalista poderá, até mesmo a curto prazo, solucionar suas angústias.

Ao procurar seu médico na tentativa de descobrir a causa de suas dores, algumas informações são muito preciosas. Uma questão importante é desde quando a dor apareceu, em que dia, semana ou mês. Também identificar com que frequência ela aparece, se é diária, quantas vezes ao dia se manifesta e por quanto tempo costuma durar.

Das dores da alma, a perda de entes queridos é a que causa grande sofrimento, quanto maior for a proximidade afetiva. Nesses casos, a passagem do tempo costuma ser um bálsamo. Em caso de não ter com quem trabalhar o luto, um bom psicoterapeuta ajuda muito.

Geralmente, ao sentir o dente doer, corremos ao dentista, talvez por essa dor ser realmente aguda. Faça o mesmo em relação a todas as dores passíveis de cuidados médicos. Se não for nada de mais, sorte sua. Lembre-se: tudo detectado em fase inicial tem muito mais chances de ser tratado!


Notícias relacionadas

Alerta sobre anfetaminas


A Anfetamina é uma droga sintética que causa considerável estimulação do cérebro.

Pneumonia: uma doença grave


Pneumonia é uma doença inflamatória no pulmão.

A Pele e o Sol


Curta o verão com muito mais proteção.

Reabilitação oral para a 3º idade.


Tratamento Odontológico para Pacientes da 3ª Idade: Um Investimento em Qualidade de Vida!!

Acabe de vez com o cansaço.


21 atitudes para equilibrar sua fonte de energia e deixar de lado aquele desânimo...

Os primeiros sinais da depressão.


Dor de barriga, nas têmporas, nas costas: esses podem ser os primeiríssimos sinais de que alguém está prestes a mergulhar de cabeça em um quadro depressivo, alertam os médicos...

Alcoolismo: Alto risco


O álcool é a droga mais antiga, há provas arqueológicas do uso da bebida datadas de quase oito mil anos. Acredita-se que..

Dores nas costas.


É só a temperatura baixar que começam as primeiras alterações pelo corpo. Garganta raspando, nariz com coriza, pele ressecada e dores musculares por..

Controle da pressão


Todo ano a Organização Mundial da Saúde (OMS) elege um tema para ser discutido no Dia Mundial da Saúde (7 de abril). Em 2013, o tema escolhido foi relativo...

O papel da Hidroterapia na saúde


Muitos são os recursos fisioterápicos encontrados pelos pacientes, alguns cobertos pelos planos de saúde e outros não, por entenderem estes como terapias alternativas. As universidades tem implantado cada...

Desenvolvimento da Linguagem


Não há etapas rígidas para o início e o término do desenvolvimento da linguagem. Por volta de um ano surgem as primeiras palavras, geralmente mãmã e pápá, entre outras monossilábicas como ké, dá, tó, não, é...

Sal Grosso


"E você pensou que era só misticismo? É não, veja!"

Comentando a Andropausa.


É importante dizer que poucos são os homens que sabem da sua existência e que procuram auxilio médico para transitar por este período tão importante da vida masculina...

O que é a Medicina QUÂNTICA?


O Universo é composto por uma massa de radiações, formada de partículas atômicas, subatômicas e eletromagnéticas, as quais são animadas por um movimento contínuo, que é o responsável pelo processo de criação e de desintegração da matéria...


> Ver todas



Voltar
Twitter Revista Staff

Acontece   |   Beleza e Estética   |   Comportamento   |   Gastronomia   |   Nutrição   |   Moda   |   Política Saúde   |   Esporte   |   Turismo


Home   |   Apresentação   |   Editoriais   |   Comercial   |   Parceiros   |   Vídeos   |   Cobertura Vip   |   Contato


Copyright © 2017. Revista Staff. Todos os direitos reservados. Contato: (19) 3236-6661